O Advogado especialista em direito de família

  O advogado especialista em direito de família é profissional insubstituível na prevenção e condução dos conflitos familiares.

Cabe ao advogado de família conhecer profundamente a questão em que está atuando, observando-se a ética e a Justiça.

Os casos mais comuns em direito de família são:
a) Divórcio consensual, litigioso ou em cartório;
b) Ação de alimentos aos filhos ou ex-cônjuge e aos parentes nos termos do art. 1.694 do C. Civil;
c) Ação de guarda compartilhada, unilateral e regulamentação de visitas;
d) Partilha e sobre partilha de bens.

Por sua vez, temos os procedimentos que demandam mais atenção do Advogado especializado em direito de família, pois envolvem aspectos específicos e emocionais das partes.

O Inventário é um exemplo clássico, pois após a morte do ente querido, nem sempre os herdeiros irão concordar com a partilha, em alguns casos ocorrem até agressões entre as partes.

A guarda dos filhos costuma ser também um ponto que envolve muitos aspectos psicológicos, pois além das partes e procuradores, muitas vezes se faz necessário a intervenção de peritos, psicólogos e psiquiatras, pois geralmente as acusações mutuas estão ligadas a capacidade de cada genitor em ter, sub sua responsabilidade uma criança.

Outro ponto relevante é a atuação do advogado de família em caso de Alienação Parental, ou seja, quando um dos genitores age para desqualificar o outro, trazendo enormes consequências negativas a criança.

Além dos casos acima,o Advogado especializado costuma atuar quando ocorre abandono afetivo, abandono material, violência domestica, medidas protetivas e reconhecimento de paternidade.

Não podemos esquecer dos novos conceitos de família e a multiparentalidade, casos específicos onde a criança poderá ter mais que dois genitores em sua certidão de nascimento, principalmente em casos de Reconhecimento de filiação socioafetiva.


Veja mais em :






Comentários

Fale Pelo WhatsApp

Postagens mais visitadas deste blog

Do Arrolamento sumário de acordo com o Novo Código de processo Civil

A beneficiária do consorciado falecido tem direito à liberação imediata da carta de crédito.

Direito de alimentos - Comentários ao Art. 1.694 do Código Civil